Artista plástico retrata Catedral de Campos

Quem passou pela Praça do Santíssimo Salvador nesta segunda (24) e terça-feira (25) pôde ver o artista plástico Luciano Pauferro retratando a Basílica do Santíssimo Salvador, Catedral de Campos. Nascido em Brumado, na Bahia, o artista expôs em várias cidades do país, chegou aos Estados Unidos e, desde 2010, vive entre Macaé e Campos.

O Museu Histórico de Campos com foco em valorizar história, arte e a cultura, se interessou pelo trabalho de Luciano, que já retratou manifestações culturais como a Folia de Reis e os Bois Pintadinhos, característicos da região. Com trabalho versátil, ele se destacou inicialmente por versões das obras do icônico pintor impressionista Oscar-Claude Monet, como a Catedral de Ruão. Em Campos, ele logo se encantou pela Igreja central da cidade, que retratou em tela com espátula.

Desde que vi a Catedral de Campos tive vontade de fazer esse trabalho. É um prédio muito bonito. Estamos em diálogo para, em breve, fazermos uma exposição no Museu. Tenho muito amor pela arte e pela possibilidade de registrar imagens e manifestações culturais — comentou o pintor.

Artista autodidata, Luciano Pauferro desenvolveu também um estilo de pintura que batizou como Lume. A técnica conta com fundos coloridos contrastados com temas espatulados. Sua inspiração geralmente está na cultura popular. A técnica lhe rendeu a oportunidade de expor em Nova Iorque e fazer venda de quadros para várias partes do mundo, como Alemanha e Itália.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes