Campos sedia Jornada Cultural da Federação das Academias de Letras do RJ

A Academia Campista de Letras (ACL), com sede no Jardim São Benedito, abriu espaço neste sábado (24) à “I Jornada Cultural 2018”, da Federação das Academias de Letras do Estado do Rio de Janeiro. O evento, promoção da ACL, foi parte da programação que comemora os 150 anos de nascimento do ex-presidente campista Nilo Peçanha e a elevação de Campos à categoria de cidade, em 28 de março. A jornada teve palestras, mesas de diálogos e momentos literomusicais.

O secretário de Educação, Cultura e Esportes (Smece), Brand Arenari, prestigiou a abertura do evento, que também contou com a participação da presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Cristina Lima. “Não existe cultura maior ou menor que outra, melhor ou pior que outra. O valor e a riqueza cultural estão em sua variedade e diversidade, na capacidade de troca entre o local e o universal”, destacou a presidente da FCJOL, Cristina Lima, que participou de uma das rodas de debate como uma das representantes do poder público municipal.

A coordenadora de Língua Portuguesa da Smece, Ana Raquel Pourbaix, também participou e destacou a importância do investimento na educação. “Pesquisas mostram que os alfabetizados plenos do país somam apenas 26% da população. E a leitura, os livros, são de grande importância no processo educacional, mesmo quando o impresso perde cada vez mais para as publicações digitais”, ressalta.

Em uma das mesas de debate, o escritor e teatrólogo Winston Churchil Rangel ressaltou a importância das homenagens a Nilo Peçanha. O também escritor, advogado e professor universitário Fernando da Silveira foi outro que destacou os feitos do único campista a chegar à presidência da República, vencendo desafios ainda mais difíceis para sua época, considerando origens interioranas e de mestiço.

Campos foi a primeira cidade a sediar o evento da federação. Em seguida, virão Cambuci, Petrópolis e Nova Friburgo, todas ainda este ano. O presidente da Academia Fluminense de Letras, Waldenir de Bragança, também participou. “É com muita honra que recebemos no evento o presidente Waldenir”, afirmou o presidente da ACL, Hélio Coelho, lembrando que, através do evento, também, foi possível mostrar um pouco do valor da cultura campista.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes