Cozinheiro pedófilo da Bahia é preso em Campos após aliciar mais de 40 crianças

O cozinheiro pedófilo Daniel Moreira Gomes, de 36 anos, foi preso, na manhã desta quinta-feira (18), sob suspeita de aliciar cerca de 40 crianças. O homem, que se passava como trabalhador do Porto do Açu, também é suspeito de participar de uma rede de prostituição infantil internacional.

De acordo com o delegado da Polícia Civil titular da Delegacia de Guarus, Luis Maurício Armond, as investigações comeram quando Daniel procurou à polícia para informar que fora vítima de uma tentativa latrocínio, roubo seguido de morte. Ao pedir para a polícia investigar o crime, o cozinheiro virou suspeito sem saber e passou  a ser investigado. “As investigações apontam que o que aconteceu no dia dessa suposta tentativa de latrocínio foi que uma criança conseguiu se desvencilhar dele e, para se defender, o agrediu com uma pedrada na cabeça. Antes, porém, as crianças estariam sendo ameaçadas com uma arma apontada para as cabeças a fazem sexo com ele. O ato seria transmitido em tempo real pela internet para um grupo de pedófilos da Europa”, explicou o delegado, ressaltando que foram encontradas marcas de sangue em uma sandália de um dos meninos.

Daniel costumava agir sempre da mesma forma: “ele se aproximava das vítimas e oferecia dinheiro, drogas e supostas oportunidades de empregos. Caso as crianças não se submetessem a fazer o que ele quisesse, elas, então, eram ameaçadas e até agredidas.

No celular do cozinheiro foram encontradas várias fotos de menores de idade nus. “Daniel possui diversos perfis no Facebook, onde, no Messenger, aliciava menores através de fotos pornográficas. Eles combinavam, os menores iam pra casa dele, onde aconteciam as relações sexuais”, ressaltou Armond.

 

 

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes