Moradores de Guarus fazem Rio Paraíba de mar durante feriadão

Moradores de Guarus fazem Rio Paraíba de mar durante feriadão

Centenas de moradores de Guarus se reuniram no feriado prolongado para dias de lazer no Rio Paraíba do Sul, no Parque Prazeres, próximo à Usina São João. Além do banho de sol e rio, a diversão teve direito a música, bebidas álcoolicas e até guarda-sol, como se realmente estivessem em uma praia. Apesar do calor, o Corpo de Bombeiros alerta para os perigos de tomar banho de rio. 

Por terem uma “dimensão” menor do que o mar, os rios são vistos pela maioria dos banhistas como mais seguros, o que é um engano. “Por definição, eles são cursos de água corrente, um local na superfície da terra naturalmente criado para ter correntezas”, destaca o comando dos bombeiros de Campos. 

A existência de obstáculos ao longo do curso da água – áreas de cachoeira, por exemplo – provocam uma espécie de desequilíbrio no fluxo da corrente e ela tende a se fortalecer em trechos do rio. Quando esses desníveis estão no fundo, eles podem causar redemoinhos perigosos para qualquer corpo na água. 

Além dos perigos naturais, ainda tem a combinação perigosa de consumir bebidas álcoolicas e entrar na água. "Assim como no mar, fazer ingestão de bebidas álcoolicas e entrar no rio pode aumentar consideravelmente o risco de afogamentos", destaca o comando do Corpo de Bombeiros.