Glaucenir Oliveira: Garotinho ameaça processar e Gilmar Mendes manda investigar

O ex-governador do Estado do Rio de Janeiro e ex-prefeito de Campos, Anthony Garotinho, afirmou que, caso a mensagem de áudio que circula nas redes sociais seja mesmo do juiz Glaucenir Oliveira, ele abrirá novo processo contra o magistrado e encaminhará o conteúdo, que ele entende como sendo ofensivo, ao presidente interino do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Gilmar Mendes.

Gilmar Mendes, no entanto, já teve acesso as mensagens de áudio e já agiu: pediu para que o Corregedor Nacional de Justiça, ministro João Otávio Noronha, e ao diretor-geral da PF, Fernando Segovia, ‘tomem providências’ para investigar áudio em que é acusado de tomar propinas para soltar o ex-governador do Rio Anthony Garotinho e tirar a tornozeleira de Rosinha Garotinho.

De acordo com Garotinho, não defender a honra do Ministro Gilmar Mendes, como seus pares no Tribunal Superior Eleitoral e Supremo Tribunal, é desacreditar toda a justiça brasileira, composta na sua maioria de magistrados corretos que decidem com base na Constituição e nas leis e nos códigos, jamais em interesses subalternos e sujos sugeridos pelo juiz Glaucenir Oliveira, citando o juiz Ralph Manhaes.

“Por confiar e defender a presunção de inocência, nossos advogados estão pedindo a perícia confirmação do padrão de voz. Caso constatada a veracidade do referido áudio e as inúmeras inverdades nele contida, não nos restará outra medida senão o encaminhamento da gravação ao Ministro ofendido, ao Conselho Nacional de Justiça e a Presidente do STF, para as providências cabíveis. De nossa parte abrirmos novo processo criminal contra o Juiz Glacenir Oliveira, que vêm a ser o mesmo que inventou um suposto suborno e também quase provocou a morte súbita do Garotinho ao transferi-lo do hospital Souza Aguiar para a UPA de Gericinó, contra determinação médica, ameaçando de prisão médico Marcelo Jardim”, nota publicada por Garotinho e Rosinha no blog do ex-governador.

Em áudio atribuído ao juiz eleitoral Glaucenir Oliveira, da Vara de Campos dos Goytacazes, que mandou prender Anthony Garotinho pela primeira vez, é mencionada ‘mala grande’ ao ministro Gilmar Mendes, que determinou a soltura do ex-governador.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes