Grávida pode fazer tratamento odontológico?

Muitas gestantes têm medo de fazer tratamento odontológico durante a gravidez, principalmente quando se pensa em anestesia e radiografia, mas é importante ressaltar que no período da amamentação, também existem algumas restrições, já que certos medicamentos são eliminados pelo leite materno e podem provocar reações adversas no bebê.

A gestante pode, e em alguns casos, deve fazer o tratamento odontológico, pois o adiamento de um simples problema dentário, de fácil solução, pode se agravar durante o curso da gestação, prejudicando a mãe e o feto.
O momento mais propício para o atendimento odontológico é durante o segundo semestre da gestação, nesse período o feto já está desenvolvido e a mãe se sente mais confortável do que durante os estágios iniciais e finais da gravidez.
Todo tratamento odontológico essencial pode ser feito durante a gravidez, incluindo exodontias não complicadas, tratamento periodontal básico, restaurações dentárias, tratamento endodôntico, colocação de próteses, etc. Por uma questão de bom senso, as reabilitações extensas e as cirurgias mais invasivas devem ser programadas para o período pós-parto.

É muito importante que o dentista saiba da gravidez, para que ele possa traçar um plano de tratamento, visando a mínima exposição radiográfica, a escolha do anestésico ideal e prescrição do medicamento indicado. Além da gravidez, é de suma importância a ciência por parte do dentista, do quadro de saúde atual do paciente, estando grávida ou não.

Mariana Estefan25 Posts

Mariana Estefan é dentista, especialista em endodontia, coordenadora regional do projeto Dentista do Bem, em Campos dos Goytacazes, e autora do projeto Saber Sorrir.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes