Ingressos à venda para “Entre o Dedo e o Anel” no Teatro de Bolso

Estão à venda, no Teatro de Bolso (TB) Procópio Ferreira, os ingressos para o espetáculo “Entre o dedo e o Anel” da Cia de Arte Persona. As apresentações serão no próximo sábado (24) e domingo (25), às 20h.  As entradas podem ser adquiridas por R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h30, na entrada lateral do TB na rua Dr. Gesteira Passos, 11, no Centro.

Apresentado pela primeira vez em 2011, a peça conquistou público e admiração desde então. Foram sete montagens, chegando ao Teatro Popular de Rio das Ostras e ao Parque das Ruínas, no Rio de Janeiro. Entre o Dedo e o Anel traz histórias reais entrelaçadas por perdas e as narrativas são sorteadas no início de cada encenação. Duas histórias conduzem o espetáculo: Vítor, um menino que, aos 12 anos, vive seu primeiro amor e Elisa, de 56 anos que, após inúmeras perdas, percebe ter aberto mão de si mesma. Paralelamente se desenvolve a história de Júlia com a superação da perda de seu avô e a narrativa de Sayuri desde sua infância na Bahia, passando pela juventude no Japão e o retorno ao Brasil.

Começamos a preparar esse espetáculo em 2009. Divulgamos o projeto e pedimos que as pessoas nos doassem suas histórias de perda. Recebemos muita gente para conversar, tomar café, passávamos a tarde juntos e filmávamos o depoimento. Depois, transcrevemos as histórias e fizemos a seleção. Foram dois anos de preparação antes da estreia do espetáculo — conta Tânia Pessanha, diretora do espetáculo e da Cia de Arte Persona.

O elenco da peça é formado por Anne Claire Chenu, Hugo Gandra, Lênin Willemen, Sunshine Pessanha, Tânia Pessanha, Thaís Peixoto e Thássia Nunes. Além da direção da atuação e da direção do espetáculo, a ficha técnica ainda conta com Tânia Pessanha na produção do espetáculo.

O espetáculo se transformou um pouco desde sua estreia em 2011. Ganhou um pouco mais de leveza ao tratar a perda. Também houve uma mudança no elenco porque algumas pessoas já moravam no Rio e tiveram que sair. Ainda hoje temos uma integrante que mora no Rio de janeiro e outra em São Paulo e elas se deslocaram para Campos para essa nova encenação — comenta Tânia.

Com dramaturgia e metodologia originais, “Entre o Dedo e o Anel” sintetiza uma linguagem própria, que parte de intensas construções corporais e vocais. O diretor do Teatro de Bolso, Fernando Rossi, destaca a satisfação de receber o espetáculo no teatro que foi reaberto em março deste ano, depois de passar três anos fechado.

Trata-se de uma montagem madura da Cia de Arte Persona que completa 20 Anos de Resistência Artística. “Entre o Dedo e o Anel” é um espetáculo tocante, pois traz lembranças de personagens possíveis em nossa vida. Tudo isso contado de uma forma atraente e marcante. Um espetáculo necessário para visitarmos o canto esquecido de Nós. É um prazer tê-lo na nossa Programação 2017 — comenta Rossi.

 

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes