Ministério Público cumpre mandado de busca e apreensão na casa de Garotinho e na Prefeitura de Campos

Agentes do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro estiveram na casa do ex-secretário de governo de Campos, Anthony Garotinho, e Rosinha Garotinho, na manhã desta terça-feira (7), no bairro da Lapa, em Campos. Além da casa do casal, os agentes foram à Prefeitura da cidade, onde apreenderam documentos relacionados à contratação da GAP Comércio e Serviços Especiais, empresa contratada pela ex-prefeita Rosinha para fornecer serviços de ambulância.

De acordo com o Ministério Público, a ação é uma parte da Operação “Caça Fantasma”, que acontece na cidade do Rio de Janeiro e denunciou 11 pessoas pelos crimes de organização criminosa, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e sonegação fiscal. Entre os denunciados está Fernando Trabach Gomes, apontado como líder da organização e responsável por usar uma pessoa fictícia, George Augusto Pereira da Silva, com o objetivo de cometer crimes licitatórios e contra a ordem tributária. O chamado “fantasma” foi usado para vencer licitações em vários municípios do Estado e figurou como sócio de dezenas de empresas e outorgante de procurações para atuação junto a bancos, cartórios e prefeituras. O GAECC/MPRJ obteve a decretação da prisão preventiva de Fernando Trabach Gomes e de dois advogados denunciados que também atuaram nos esquemas criminosos.

A GAP começou a prestar serviços ao município em 2009 e, em dois anos, recebeu R$ 32 milhões. Até a 7 de junho de 2013 vigorava um contrato no valor de R$ 15 milhões.

Em nota, a Prefeitura de Campos disse que “o procurador geral do município, José Paes Neto, acompanha a equipe do MP-RJ, que recolhe documentos relativos à empresa que se encontra sob investigação judicial por conta dos serviços prestados à antiga gestão”.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes