Padrasto suspeito de estuprar e engravidar enteada com deficiência é preso em Itaocara

Um homem identificado como Alcinei Faria da Silva, de 47 anos, foi preso nesta segunda-feira (30) na cidade de Itaocara, Região Noroeste Fluminense. Ele é suspeito de estuprar e engravidar a enteada de 26 anos, que é deficiente mental e visual. O crime, segundo a polícia, teria acontecido no início de abril. Durante quase dois meses, a Polícia Civil investigou o caso e pediu à justiça um mandado de prisão preventiva, que foi expedido no mesmo da prisão do acusado.

A companheira de Alcinei e mãe da jovem também poderá ser presa, já que a polícia também pediu à justiça um mandado de prisão preventiva para ela porque as investigações mostraram que a mulher foi omissa.

De acordo com o delegado titular da delegacia da cidade, Ronaldo Cavalcanti, o trabalho de investigação teve início depois de denúncias de maus-tratos contra um bebê recém-nascido. Em depoimento, a mãe da vítima contou que o bebê era filho de uma suposta amante de Alcinei e que ela e o marido estariam ajudando a cuidar da criança. Bastou apenas alguns exames e poucos dias depois a polícia confirmou que a bebê era filho do padrasto com a enteada.

O caso estarreceu a pequena cidade de Itaocara. Logo depois do crime, o prefeito da cidade acolheu à criança por cerca de 20 dias até ela ser adotada.

Já Alcinei, que foi preso na casa da mãe dele, foi levado nesta terça-feira (30) para a Casa de Custódia de Itaperuna. A mãe da vítima leva uma vida aparentemente normal até o mandado de prisão sair para ela.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes