Briga por causa de política termina em morte em Campos

Briga por causa de política termina em morte em Campos

 Uma discussão por causa de política terminou em tragédia em Campos neste domingo (8). Cremecildo Ribeiro de Azevedo, de 55 anos, foi baleado no conjunto de casas populares do Tapera 2. Segundo a polícia, Cremecildo discutiu com um cabo eleitoral que estava em um carro no final de uma carreata política. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital Ferreira Machado, após ser baleado, mas morreu instantes depois de dar entrada na unidade de saúde. 

Para a PM, o genro da vítima contou que ele e o sogro participavam de uma cavalgada.Durante a cavalgada, Crmecildo se desentendeu com um cabo eleitoral de um político adversário do que Cremecildo apoia. O criminoso foi ao carro, apanhou um revólver e atirou várias vezes contra a vítima, que já tinha se desentendido com o desafeto político outras vezes.

Ainda de acordo com a polícia, o principal suspeito é morador de Ururaí. Buscas foram feitas por policiais militares do DPO de Ururaí, mas ninguém foi preso. O corpo de Cremecildo foi removido e levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos, e o crime registrado na Delegacia do Centro.