Candidatos a prefeito derrotados em Campos não declaram apoio a ninguém

Candidatos a prefeito derrotados em Campos não declaram apoio a ninguém

Dois dias após o pleito municipal que garantiu o segundo turno entre os candidatos Caio Vianna (PDT) e Wladimir Garotinho (PSD), os candidatos a prefeito derrotados em Campos agradeceram os votos, mas não declararam apoio a ninguém. A expectativa é de que os partidos de esqueda (PT, PSOL, PC do B), pelo menos, declarassem apoio a Caio Vianna. 

Sem seguir a linha partidária mas seguindo a linha ideológica, a sinalização do apoio a Caio também era esperado pelos eleitores por parte dos candidatos Bruno Calil (SD), Rafael Diniz (CIDADANIA), o que, pelo menos por enquanto,  também não se confirmou. 

Dr. Bruno Calil (SD), que foi o terceiro colocado com 13,17% dos votos, disse que respeita o resultado das urnas e que voltará a se dedicar à medicina. "Passando aqui para agradecer a votação que tive no domingo. O meu muito obrigado a Campos. A você que recebeu em sua casa, que encontrou comigo na rua e que chamou o doutor. Como democrata que sou, respeito a decisão das urnas e respeito as leis. Queria só agradecer a vocês. O meu muito obrigado por tudo. E agora volto a fazer aquilo que minha formação, volto a salvar vidas e a cuidar das pessoas. Muito obrigado, Campos".

Logo após terminar a eleição, Diniz, que ficou com 5,45% dos votos, também agradeceu os votos e falou que vai trabalhar com dedicação até o último dia de seu mandato, em 31 de dezembro.

Já a professora Natália, que teve 4,68% dos votos válidos, disse: "muito obrigada pela linda trajetória que construímos juntos! E afirmamos que saímos vitoriosas desse processo. Uma candidatura que teve pouco recurso financeiro para se promover e que foi capaz de movimentar tanta gente e trazer debates fundamentais para o município que ninguém tem coragem de fazer. Nós vencemos! Duas mulheres negras, trabalhadoras, de esquerda de forma inédita concorrendo as eleições de Campos que conseguiram mobilizar 11.622 mentes e corações".

O candidato Tadeu Tô Contigo (Republicanos) fez 2,17% dos votos e também no domingo e afirmou que fica na torcida para o próximo gestor do município. "E uma decisão foi tomada. Fico muito feliz por todos que confiaram o voto no 10. Agradeço de coração a todos que saíram de suas casas em meio a uma pandemia para votar em mim. Sou muito grato a todos que caminharam voluntariamente ao meu lado e também sozinhos quando estive afastado por causa da Covid-19. Fizemos uma campanha limpa, apresentando propostas e soluções para nossa cidade. Fizemos a nossa parte. É com o sentimento de dever cumprido que encerro a minha participação em mais um processo eleitoral. Agora, fico na torcida para que no próximo dia 29 o eleitor escolha o melhor para nossa cidade. E que o novo gestor promova o desenvolvimento do município, respeitando e garantindo dignidade aos cidadãos".
Por fim, até o momento, a candidata Odisseia (PT) obteve 1,88% dos votos e disse que tem o sonho de uma cidade melhor. "Foi muito importante para mim receber todo esse carinho e afeto que todos depositaram na nossa campanha. Só através do amor e da resistência conseguimos transformar a nossa realidade, nossa luta é todo dia e vai para além do período eleitoral. Nós temos o sonho de ver uma Campos que seja respeitada, que a população tenha dignidade para viver".