Mais de 800 candidatos concorrem a 25 cadeiras na Câmara de Campos

Mais de 800 candidatos concorrem a 25 cadeiras na Câmara de Campos

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que foram registradas 810 candidaturas para a eleição municipal de novembro. De acordo com o TSE, o número é 35% maior que em 2016, ano em que os partidos registraram 597 nomes.

Numa matemática rápida, as 810 candidaturas dão um total de 32 candidatos disputando cada um dos 25 assentos da Casa de Leis, o que torna o pleito tão ou mais concorrido que vestibulares de prestigiadas instituições de ensino públicas do país..

O partido com maior número de candidatos à Câmara é o PSL, que apresentou uma nominata composta de 39 concorrentes. A legenda ainda capitaliza o bom desempenho obtido nas urnas em 2018, quando elegeu o presidente Jair Bolsonaro, que deixou a sigla em 2019.

Em seguida, aparecem PDT, PL, PMN, Podemos, PROS, PRTB, PSC, PSD, PSDB e PTB, com 38 candidatos a vereador cada um. Cidadania e PTC registraram 37 candidaturas. Avante e MDB concorrem com 36 nomes. Os Republicanos têm 34 pretendentes à Câmara, o Solidariedade, 33, e o PSB, 32.

A lista continua com Rede (26), DEM (25), Patriota e PC do B (21), DC e PMB (20), além do PT (11). O partido com menor número de nominata é o PSOL, com somente dois candidatos.