Primeiro protesto no governo Wladimir: trabalhadores do Hospital Ferreira Machado fecham ponte General Dutra

Primeiro protesto no governo Wladimir: trabalhadores do Hospital Ferreira Machado fecham ponte General Dutra

Servidores da Prefeitura de Campos, que trabalham na Secretaria Municipal de Saúde, fizeram o primeiro protesto significativo no governo Wladimir Garotinho, no fim da tarde desta segunda-feira (11), em frente ao Hospital Ferreira Machado (HFM) para reclamando contra atraso no pagamento de dezembro e no 13º salário.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, por conta da manifestação, o trânsito ficou lento no local e houve engarrafamento. Em relação ao 13º, apenas os profissionais da Educação receberam o benefício integralmente. Os demais servidores da ativa receberam 25% e os inativos e pensionistas, 40%.

Nesta segunda-feira (11), o Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais de Campos (Siprosep) publicou um chamamento público para uma assembleia geral on-line, a ser realizada na noite desta terça-feira (12), a partir das 18h, com o objetivo de deliberar acerca dos vencimentos em atraso.

Cabe ressaltar que Wladimir Garotinho está prefeito há 11 dias. A falta de pagamento que se arrasta, no entanto, ainda é do governo Rafael Diniz.