Suposta tentativa de censura a site de Campos em período eleitoral gera polêmica na cidade

Suposta tentativa de censura a site de Campos em período eleitoral gera polêmica na cidade

O candidato a prefeito de Campos, Wladimir Garotinho (PSD), conseguiu, por meio de liminar na Justiça Eleitoral, que postagens na fanpage fossem excluídas, sob a alegação de “propaganda eleitoral negativa”.

Em contato com nossa reportagem, o jornalista Saulo Maciel, que já fez parte do quadro de colaboradores do Notícia Urbana, comentou o ocorrido.

“Lamento muito essa tentativa de censura por parte de Wladimir, tendo em vista que nenhuma informação publicada no portal é falsa. Se assim fosse, ele deveria processar na justiça comum, não na eleitoral. É triste ver que o filho de Garotinho, que já fez parte do PDT de Brizola, ter atitudes que nos relembram os tempos sombrios da ditadura”, comentou.

Cumprindo decisão liminar da Justiça Eleitoral, tanto Saulo Maciel, que tinha uma coluna no portal, como a fanpage do site Tá Rolando na Cidade no Facebook, retiraram as postagens.

O departamento jurídico do site segue analisando o caso e pretende tomar as medidas cabíveis para que a situação seja brevemente solucionada. Há suspeitas de que o portal também tenha sido hackeado e, segundo o novo proprietário, tudo isso acontece como uma forma de “intimidação eleitoral”.

A decisão foi proferida pelo juiz da 129ª Zona Eleitoral, Leonardo Cajueiro, que deferiu o pedido do deputado Wladimir. Na decisão, Cajueiro determina a remoção do conteúdo por entender que se tratavam de fakenews, fato desmentido por Saulo. "Eu não estou mais nomeado na Prefeitura. Fui exonerado desde o dia 31 de julho. E ao contrário dessa tese que tem sido propagada de “gabinete de ódio“, o meu próprio Facebook mostra que eu atuei, inclusive no período de Pandemia, na Postura, Barreira Sanitária, etc. Sempre honrei cada centavo que me foi pago de dinheiro público. Procuro manter, acima de tudo, comportamento ético diante das minhas funcões enquanto jornalista. Já em relação a liminar, para deixar claro: a decisão foi devidamente cumprida por mim e pelo portal. Minha defesa está acompanhando todos o desfecho dessa situação", concluiu Saulo.