Vereadores querem detalhes do gasto de R$ 44 milhões em reforma de escolas de Campos

Vereadores querem detalhes do gasto de R$ 44 milhões em reforma de escolas de Campos

A oposição quer detalhamento maior sobre o gasto de R$ 44 milhões que a secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) pretende usar na reforma das instituições de ensino de Campos. O assunto foi colocado em pauta na sessão plenária desta terça-feira (14), na Câmara de Campos.

O pedido de informação ao Executivo  partiu do vereador Rogério Matoso (DEM) - com outras seis assinaturas – e foi aprovado por unanimidade.

De acordo com Matoso, nos governos Nelson Nahim, Rosinha Garotinho e Rafael Diniz, o município pagou anualmente R$ 8,5 milhões pelo serviço, em torno de R$ 800 mil por mês, para a manutenção das unidades da rede.

 “São muitas dúvidas, muitas perguntas sem respostas, em um momento difícil, em plena calamidade econômica. O mesmo governo, inclusive, que tem projeto para aumentar impostos, trabalha para assinar um contrato no qual o serviço de manutenção pula de R$ 8,5 milhões para R$ 44 milhões”, disse.

O vereador Álvaro Oliveira (PSD),  líder do governo, disse que todo processo do contrato pode ser acompanhado pelo Diário Oficial do Município, o governo também está mantendo o Ministério Público Estadual informado e, por isso, liberou os vereadores da situação para que votassem favoráveis ao pedido. “Libero todos vocês para votar”, disse Oliveira, não sem antes afirmar que a oposição quer atrapalhar o processo.