Presidiário ganha alvará de soltura, mas é morto na porta da Casa de Custódia de Campos

O presidiário Clayton de Araújo Campolina, de 24 anos, foi assassinado no final da manhã deste sábado (10) ao sair da Casa de Custódia de Campos. O homem havia acabado de ganhar um alvará de soltura, onde teria a tão sonhada liberdade, mas morreu antes mesmo de desfrutar uma das maiores riquezas dadas ao homem.

De acordo com a Polícia Militar, o suspeito foi assassinado a poucos metros da unidade prisional. Clayton estava preso há 11 meses por furto e era morador de Rio das Ostras, na Região dos Lagos. Um amigo da mãe da vítima, que esteve em Campos para levar o preso de volta para Rio das Ostras, contou para a PM que viu Clayton se aproximar de um carro com outros dois criminosos no momento em que fora alvejado pelos tiros.

O corpo do presidiário foi removido e levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Campos. Já o homicídio foi registrado na Delegacia de Guarus.

1 Comment

  • Leandro Reply

    10 de março de 2018 at 18:25

    Vou fazer uma oração para ele, vou colocar o nome dele para a corrente de oração para os que já foram tarde.
    Só faltou dizer que foi mais uma vítima da sociedade.
    Tipo é fácil olhar o bem que o próximo e roubar invés de trabalhar.

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes