Campista é eleita melhor atleta de Kung Fu de 2018 pela Confederação Brasileira

A campista Daiana Cruz tem dois grandes motivos para comemorar. Ela foi eleita a melhor atleta de 2018 do kung fu, e no último final de semana, no Ginásio da Faculdade de Educação Física da Unicamp, participou da primeira seletiva da Confederação Brasileira de Kung Fu/Wushu e garantiu vaga nos Jogos Pan-Americanos que serão realizados nos Estados Unidos no próximo ano.

Daiana foi eleita através do voto popular e também a atleta que mais se destacou no Shuai Jião. “Essa foi a terceira edição do evento organizado pela Confederação Brasileira, e ter sido indicada já foi uma grande hora e ganhar duas placas me enche de orgulho, até mesmo porque  recebi votos de colegas do esporte, que reconhecem e respeitam o trabalho que venho fazendo ao longo dos meus 18 anos de Kung Fu”, destacou Diana. O resultado da votação foi apresentado durante jantar comemorativo, que aconteceu no último sábado reunindo atletas, técnicos e convidados.

Na seletiva, Daiana e outros 15 atletas disputaram 4 vagas no feminino e masculino. A campista vai para San Francisco, nos Estados Unidos, na modalidade Shuai Jiao, categoria 52 kg.

Daiana Cruz tem 1,52m e 52kg e acumula, ao longo de seus 18 anos de competições, diversos títulos:  tricampeã brasileira, 18 medalhas de campeã estadual de kung fu, 14 medalhas de campeã brasileira, duas medalhas de 3º lugar do campeonato mundial, uma medalha de campeã sul-americana e outra de vice-campeã, entre outros. A campista começou a lutar num projeto social, no distrito de Guarus e a arte marcial mudou a vida da jovem atleta, que atualmente trabalha ensina a arte para crianças e adolescentes.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes