STF adia julgamento da partilha dos royalties

STF adia julgamento da partilha dos royalties

A Ministra do Supremo Tribunal Federal, Carmem Lúcia, deferiu nesta quinta-feira (7) o pedido de adiamento do julgamento da partilha dos royalties, que estava marcado para dia 20 de novembro pelo presidente da Casa, Dias Toffoli.

De acordo com o STF, o julgamento está previsto para 22 de abril, e acredita-se que até lá, as articulações no Congresso Federal consigam evitar o desfecho apocalíptico para o estado do Rio de Janeiro.

Há uma semana, o prefeito de Campos e presidente da Ompetro, Rafael Diniz, e o deputado federal, Wladimir Garotinho, adversários políticos, participaram de um protesto contra a partilha. Em março deste ano foi criado a Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios Produtores de Petróleo, e desde então, políticos vêm buscando uma saída  para o impasse.