Empregada é presa após furtar joias e dólares da casa de advogada em Campos

Empregada é presa após furtar joias e dólares da casa de advogada em Campos

Policiais civis da Delegacia do Centro de Campos prenderam, nesta segunda-feira (13), uma empregada doméstica que furtou joias avaliadas em R$ 50 mil e 3 mil dólares na casa de uma advogada da cidade. Por meio dela, os agentes encontraram homem que comprou os objetos furtados.

De acordo com a Polícia Civil, a doméstica foi identificada como Aline e é moradora no bairro da Penha. Já o receptador foi identificado como Luiz Carlos e reside no Parque Santa Rosa, em Guarus.

Para a Polícia Civil, a advogada – que mora no Parque Rodoviário - contou que a empregada trabalhava na casa dela há vários anos, inclusive tomava conta da filha de 8 anos. As joias eram guardadas em uma caixa dentro do quarto, onde Aline tinha acesso livre.

A advogada deu por falta das joias e do dinheiro e questionou Aline sobre o desaparecimento, mas ela disse não saber. Desconfiada, a dona dos pertences acionou a Polícia Civil, que deu início ao trabalho de investigação. A empregada foi encontrada no momento em que fazia faxina no escritório do irmão da advogada, no Centro de Campos.

Em seguida, os policiais foram à casa de Luiz Carlos, no Parque Santa Rosa, onde localizaram uma pequena barra de ouro, que foi feita após as joias furtadas terem sido derretidas. Para a polícia, ele confessou que havia comprado as joias de Aline, mas disse não saber que eram furtadas e que a empregada havia alegado que as joias eram de uma colega.