Campos bem representado no Motocross com Daniel Federal

Campos bem representado no Motocross com Daniel Federal

A melhor forma de começar a jogar tênis é comprando uma raquete, tendo um companheiro para jogar com você, algumas bolas e uma quadra próxima. Você será péssimo no início, mas com o tempo, a prática e talvez algumas aulas, vai pegando o jeito e decide se quer continuar com isso ou tentar outro esporte. Em muitos aspectos, você pode ter a mesma base quanto aos esportes offroad. Mas uma coisa é quando você é criança e seus pais te ajudam e incentivam a pilotar.

federal2Outra é ser adulto e descobrir o esporte por conta própria, com seus amigos ou família que pilotam finalmente te convencendo a tentar. Como qualquer esporte, você precisa entrar de cabeça e fazer algum investimento. Mas, ao contrário do tênis e alguns outros hobbys recreacionais não é tão simples quanto comprar uma raquete de R$200 reais e um tubo de bolas na loja de artigos esportivos. O campista Daniel da Silva Pessanha, conhecido como Federal, conta um pouco da sua história no motocross.

O interesse de Federal pelo motocross foi através do seu pai, que era piloto local e fazia trilhas com os amigos. “Eu sempre acompanhei meu pai nas pistas, a cada dia que passava aflorava meu amor pelas duas rodas”. Daniel, que subiu numa moto pela primeira vez aos quatro anos de idade, conta que devido a condição financeira da família andava na moto do seu pai, pois não tinha condições de adquirir uma moto apropriada para criança.

Com 13 anos começou a competir, foi quando seus pais compraram uma moto nacional, posteriormente adaptando para o MX. Daí pra frente o piloto prodígio nunca mais parou! “Profissionalizei-me e consegui títulos em todos os Estados que participei. Sou campeão carioca, capixaba e mineiro. Campeão Copa Brasil de Speed Way e vice-campeão brasileiro de motocross”, disse Federal. Piloto convidado a participar da etapa do Mundial no Brasil em 2013, Daniel Federal,  também conquistou diversos títulos de campeonatos locais.

 

*Mateus Chagas é formado em direito, gerente de contratos da W Seg e entusiasta do esporte campista