Flamel vibra com atuação, mas afirma: “Trocaria os dois gols pela vitória”

Flamel vibra com atuação, mas afirma: “Trocaria os dois gols pela vitória”

Dois jogos, dois empates. O início da campanha do Goytacaz na Série B1 do Campeonato Carioca ainda não é motivo de empolgação para a torcida alvianil. No sábado (1º), o clube chegou a sair na frente e abrir vantagem por 2 a 0 no marcador sobre o Gonçalense, mas acabou cedendo o empate e viu a primeira vitória na Segundona escorrer entre os dedos.

Destaque do Goytacaz na partida com dois gois anotados, o meia Flamel vibrou com o feito, mas afirmou que trocaria os tentos anotados pela vitória e lamentou o fato de que o Alvianil da Rua do Gás não conseguiu segurar o resultado positivo.

– É importante sempre marcar gols. Sei da cobrança que vai sempre existir, por eu ser um jogador que se espera muito. Mas é claro que eu trocaria os dois gols pela vitória. Acho que o mais importante nesse momento é procurarmos vencer os jogos, independente de quem marcar os gols. Mas é claro que me dá uma confiança a mais para continuar trabalhando e ajudar os meus companheiros a buscar a vitória. Sabemos que ficamos devendo na parte final do jogo, onde poderíamos ter segurado. Acredito também que não houve penalidade (à favor do Gonçalense) e isso deu uma moral a mais para a equipe adversária. Tivemos a possibilidade de ter matado a partida, pelo Gonçalense ter se lançado ao ataque, em alguns contra-ataques e não fomos felizes – disse.

Se as falhas cometidas podem ficar como uma lição para o elenco do Goytacaz, Flamel também comentou que a equipe precisa ter sabedoria para enfrentar uma competição longa e difícil como a Série B1. Ele também projetou o próximo duelo, diante do Angra dos Reis, fora de casa.

– Fica a lição para que nos próximos jogos não cometemos essas falhas. É um começo de campeonato. Todos nós sabemos da importância de estar somando pontos. O professor (treinador Antônio Carlos Ângelo) conversou sobre essa questão de segurar o resultado. É uma competição longa, mas muito difícil. Então temos que ter sabedoria, quando estivermos na frente, não deixarmos espaços e não sofrer o que aconteceu no jogo. É importante termos a noção de equilíbrio até o final de uma partida. É trabalhar, procurar pensar no próximo adversário (Angra dos Reis), fora de casa, que é importante estar somando pontos – concluiu.

O Goytacaz enfrenta o Angra dos Reis no sábado (8), às 15h, no Estádio Jair Toscano. O Placar FutRio acompanha em tempo real.

Fonte: FutRio