Flamengo vence de virada e está na decisão do Mundial de Clubes

Flamengo vence de virada e está na decisão do Mundial de Clubes

O Flamengo está na decisão do Mundial de Clubes da FIFA. Com gols de Arrascaeta, Bruno Henrique e Al Bulayhi, contra, o rubro-negro venceu por 3 a 1, de virada, e confirmou presença em campo no próximo sábado (21), contra o vencedor de Liverpool (ING) e Monterrey (MEX).

Al Hilal é melhor, sai na frente e assusta

O Al Hilal começou a partida buscando mais o ataque em velocidade e chegou a assustar. Em cobrança de escanteio ensaiada, Giovinco recebeu na área, finalizou, mas foi travado por Rodrigo Caio. Em seguida, foi a vez de Everton Ribeiro bloquear o cruzamento e afastar o perigo.

O Flamengo respondeu aos 14. Após o goleiro cortar cruzamento, Gerson bateu por cobertura da entrada da área e a bola raspou a trave. Na sequência, Al Dawsari saiu na cara de Diego Alves, bateu e o goleiro defendeu. No rebote, com o gol vazio, Gomis bateu pra fora. A presão árabe funcionou. Aos 19, Al Dawsari recebeu na área e bateu pro gol. A bola desviou em Marí e não deu chances para Diego Alves, abrindo o placar.

Na metade final da primeira etapa, o Flamengo tentou jogar, mas não conseguia encaixar as triangulações ofensivas. O placar de 1 a 0 na primeira etapa foi confirmado aos 48 com o apito final.

Flamengo se impõe, vira o jogo e está na final

O Flamengo voltou para a segunda etapa precisando correr atrás do prejuízo. Logo aos três minutos, após ótima triangulação, Bruno Henrique deixou Arrascaeta na boa para empatar o jogo no Khalifa. O Flamengo acabou diminuindo o ritmo e não criou grandes chances mais.

Quando o relógio marcou a casa dos 30 minutos, as coisas mudaram. Com 32, Rafinha cruzou da direita e Bruno Henrique, no primeiro pau, testou firme, virando o jogo para o Flamengo. Quatro minutos depois, Arrascaeta invadiu a área pela esquerda, cruzou rasteiro e Al Bulayhi tentou cortar, mas botou para dentro, fazendo 3 a 1.

Aos 38, Arrascaeta dominou bola na esquerda e foi agredido por Carrillo, que recebeu cartão vermelho direto, encaminhando ainda mais a classificação do Flamengo.