Junho Vermelho: Hemocentro de Campos convoca doadores para aumentar estoque de sangue

Junho Vermelho: Hemocentro de Campos convoca doadores para aumentar estoque de sangue

Durante o mês de junho, o Brasil se mobiliza em prol da conscientização sobre a importância da doação de sangue, dando origem ao Junho Vermelho. Esta campanha nacional visa destacar a necessidade contínua de manter os estoques de sangue abastecidos, especialmente durante o inverno e as férias escolares, períodos em que as doações tendem a diminuir. O período faz alusão ao Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho. A data foi criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para sensibilizar as pessoas e lembrá-las da importância desse gesto rápido e seguro, que salva vidas.

O Hemocentro Regional de Campos (HRC) está intensificando a campanha de doação de sangue em apoio ao Junho Vermelho. Este é um período crucial para reforçar os estoques sanguíneos, especialmente do tipo O negativo (O-), que desempenha um papel vital em situações de emergência.

O sangue tipo O negativo é conhecido como “doador universal”, pois pode ser administrado a qualquer pessoa, independentemente do seu tipo sanguíneo. No entanto, os pacientes que possuem esse tipo sanguíneo só podem receber sangue O negativo, tornando as doações desse grupo ainda mais cruciais.

Com os estoques de sangue O negativo atualmente baixos, o Hemocentro Regional de Campos faz um apelo à população para que se mobilize e doe sangue.

“Todos os doadores são bem-vindos e todo tipo sanguíneo é necessário, só que, no momento, o nosso estoque está muito baixo em relação ao O negativo. A pessoa que tem o sangue O- pode doar para qualquer paciente. Então, para situações de emergência, a presença desse sangue no estoque é muito importante, porque é aquele sangue que atende imediatamente. Mas tem um pormenor, o paciente que é O negativo só recebe O negativo. São pacientes que estão aguardando para a realização de cirurgias cardíacas, cirurgias ortopédicas, pessoas com anemia que estão internadas e que precisam desse sangue. Não pode ser outro tipo sanguíneo, não pode ser diferente, tem que ser o O-. Então, a presença desses doadores é urgente, é necessária”, informou a assistente social do HRC, Maria Gonçalves.

Requisitos para doar — Antes da doação, a pessoa deve seguir algumas recomendações, como apresentar documento de identidade com foto, evitar alimentos gordurosos como leite e seus derivados (queijo, iogurte, manteiga), massas, frituras, ovos, maionese, sorvete, chocolate, entre outros, nas três horas que antecedem a doação. A mesma orientação vale para quem vai doar no período da tarde.

O doador também precisa estar em bom estado de saúde, ter entre 16 e 60 anos de idade, ou até 69 anos (caso tenha doado antes dos 60 anos) e pesar mais de 50 quilos. O menor de idade deve estar acompanhado pelo responsável legal.

Para agendar a visita da unidade móvel do hemocentro basta ligar para o telefone (22) 98173-0463 ou (22) 98175-2599, das 8h às 17h, ou mandar um e-mail para socialhemo2021@gmail.com.

Confira a agenda do mês de junho

11/06 - Dome (Porto do Açu)

18/06 - Famesc (Bom Jesus do Itabapoana)

20/06 - Gran Services (Macaé)

25/06 - Santuário Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Campos)

27/06 - NOV Macaé

28/06 - Praça São Salvador (Campos)