Guarda Municipal é preso no Centro de Campos por suspeita de estupro

O agente da Guarda Civil Municipal de Campos, Carlos Alberto Carvalho Silva, foi preso por suspeita de estupro na manhã desta terça-feira (4), em Campos. O rapaz estava no trabalho  no momento em que a polícia chegou acompanhada de um oficial de justiça para cumprir a prisão dele.

De acordo com a Polícia Civil, o agente foi preso na Rua Salvador Corrêa, no Centro da cidade, na antiga Casa Brasil Portugal, e levado para a sede da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher, que fica em um prédio anexo a Delegacia do Centro de Campos.

“Pintinho”, como o Guarda Municipal é conhecido, foi condenado a sete anos de prisão sob acusação de abusar de meninas entre 11 e 14 anos, na Praia de Farol de São Thomé, onde ele tinha uma casa de veraneio. De acordo com o mandado de prisão para o GCM, em geral, os abusos aconteciam dentro da casa dele, no ano de 2004. Algumas eram atraídas com o pretexto de que ganhariam bonecas e roupas. As que se recusavam a deixar ele acariciar as partes íntimas, Carlos Alberto usava uma arma para ameaçá-las.

As vítimas do Guarda Municipal passaram pelo exame de conjunção carnal, que apontou negativo. Ou seja, na maioria dos casos, não houve a conjunção carnal. As garotas permaneceram virgens. Para o Ministério Público, não penetrar nas crianças foi uma estratégia de Carlos Alberto para disfarçar os crimes e não apresentar provas.

 

 

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes