Najla é indiciada por denunciação caluniosa, fraude processual e extorsão

Najla é indiciada por denunciação caluniosa, fraude processual e extorsão

A modelo Najla Trindade foi indiciada pela Polícia Civil de São Paulo, por denunciação caluniosa, fraude processual e extorsão, a decisão é da delegada Monique Lima, do 11º Delegacia de Polícia, após dois inquéritos que tramitaram em conjunto na 6ª Delegacia da Mulher, o ex marido dela Estivens Alves também foi alvo de indiciamento.

De acordo com o UOL, o advogado de Najla, Cosme Araujo Santos, preferiu não se manifestar pois ainda não teve ainda acesso ao relatório.

Segundo a delegada, Estivens Alves enviou fotos eróticas da ex-esposa para um repórter como forma de obter publicações suas na internet.

Trindade acusou Neymar de agressão e estupro, após investigação a Polícia Civil não encontrou elementos suficientes pra iniciar o jogador e pediu arquivamento, entendimento aceito pelo Ministério Público, a decisão não significa que o atacante do PSG seja inocente, o inquérito fica arquivado até que novos elementos que comprovem as denúncias sejam apresentados.