Primeiro caso de varíola dos macacos é confirmado no Rio

Primeiro caso de varíola dos macacos é confirmado no Rio

O primeiro caso de varíola dos macacos no município do Rio de Janeiro foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quarta-feira (15). Segundo o órgão, trata-se de um homem brasileiro, de 38 anos, residente em Londres, que chegou ao Brasil em 11 de junho e procurou atendimento médico no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz) no dia seguinte.

O resultado do exame feito pelo homem saiu nessa terça-feira (14), como positivo. O paciente está com sintomas leves, em isolamento domiciliar e sob o monitoramento da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS-Rio). Todas as cinco pessoas que tiveram contato com o paciente estão sendo monitoradas. O vírus da varíola dos macacos é da mesma família da varíola comum, mas menos grave e prevalente, e por isso as chances de infecção de grandes populações é considerado baixo.

A infecção viral já se espalhou por mais de 30 países, incluindo o Brasil. O primeiro caso de varíola dos macacos no país foi confirmado na cidade de São Paulo. O paciente, um homem de 41 anos que viajou à Espanha, segundo país com o maior número de casos da doença, foi colocado em isolamento no Instituto de Infectologia Emílio Ribas, na Zona Oeste da capital.