Procon proíbe venda do Del Valle Fresh em Brasília por não ser suco

Procon proíbe venda do Del Valle Fresh em Brasília por não ser suco

O Procon divulgou nesta segunda-feira (16) que proibiu a venda da bebida Del Valle Fresh no Distrito Federal por propaganda enganosa. De acordo com o órgão, o produto da Coca-Cola não é um suco, como estaria sendo divulgado pela empresa.

"A fiscalização do órgão constatou, após análise das informações no site da Del Valle e verificação in loco dos rótulos e dos anúncios publicitários nos supermercados, que os produtos Del Valle Fresh não possuem a quantidade mínima de fruta para serem considerados suco, néctar ou mesmo refresco. A linha Fresh, ainda que fosse gaseificada, não possuiria percentual mínimo para ser considerada refrigerante. No rótulo, a bebida informa a presença de "suco concentrado", mas não traz a quantidade de suco utilizado na composição - que é de pouco mais de 1% em todos os sabores", diz o Procon.

O órgão diz ainda que as informações induzem o consumidor a um erro: "toda a publicidade da linha Fresh, como rotulagem, slogan, promoção comercial e distribuição nos supermercados, dá a entender que os produtos seriam iguais a bebidas de fruta".

Em nota, a Coca-Cola afirma que vai seguir as determinações dos órgãos competentes, e alega que os produtos da linha Fresh da marca Del Valle nunca foram classificados como suco ou néctar.

Leia a nota da Coca-Cola abaixo:

A Coca-Cola informa que a ilustração no rótulo da linha Fresh da marca Del Valle reflete a matéria-prima presente na bebida. E em razão do seu compromisso de transparência com o consumidor, disponibiliza no respectivo rótulo todas as informações referentes à sua composição, incluindo a quantidade de suco presente no produto, em estrita observação à legislação brasileira vigente e normas regulamentadoras dos Órgãos competentes da categoria. E ainda, esclarece que os produtos da linha Fresh da marca Del Valle não são e nunca foram classificados como suco ou néctar. A empresa garante que seguirá todas as determinações dos órgãos competentes.