Com suspeita de covid-19, preso passa noite dentro de carro da PM porque ninguém quer recebê-lo

Com suspeita de covid-19, preso passa noite dentro de carro da PM porque ninguém quer recebê-lo

Um presidiário de Campos, com suspeita de está com covid-19, foi obrigado a passar a noite dentro de uma viatura policial porque ninguém quer recebê-lo por apresentar vários sintomas da doença. A família do detento, que é do Parque Aldeia, disse que ele está desde às 17h desta quinta-feira (14) trancado dentro do carro da polícia, que está parado em frente à Delegacia de Guarus, porque no local ninguém quer recebê-lo. 

Ainda segundo a família do presidiário, ele sofre de bronquite asmática. Ele esteve preso por 7 anos, foi solto há cerca de um mês e acabou sendo preso novamente. Antes de ser levado para a Delegacia de Guarus, porém, ele foi levado para o Hospital Ferreira Machado, onde não foi atendido. Em seguida, em um tour por Campos, o suspeito foi levado para o Centro de Combate ao Coronavírus, que funciona nas dependências da Beneficência Portuguesa. Lá, os profissionais teriam dito que não haviam testes diagnosticar a doença. 

Sem ter o que fazer, os polciais seguiram para a Delegacia de Guarus, onde, por sua vez, também não quiseram fazer a ocorrência. Mais de 12 horas se passaram, e o detento permanece dentro da viatrura policial.