Filha de conhecido psicólogo de Campos é supostamente agredida por ex-companheiro

Filha de conhecido psicólogo de Campos é supostamente agredida por ex-companheiro

O jovem Bruno Campolino Moussalem, Morador do Parque Tamandaré, está sendo acusado de agredir a ex-compaheira – filha de um conhecido psicólogo e professor universitário de Campos - e sumir com o filho dos dois, de apenas um ano. De acordo com a vítima, durante o relacionamento, era comum Bruno agredi-la. Após o término, porém, as supostas agressões não pararam.

De acordo com a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, a DEAM, no início da noite desta quinta, a vítima prestava depoimento na Delegacia. Para a polícia, ela ainda acusou o pai da criança de sumir com o filho dos dois após um desentendimento que o casal teve nesta manhã.

Revoltada e cansada das supostas agressões, a jovem foi à Deam dar queixa de Bruno, que esteve na delegacia com o filho do casal. A reportagem do jornal NU fez contato com o advogado de Bruno, que informou que entrará em contato nesta sexta-feira (30). 

Nota do editor - O jornal usou a expressão "suposto" porque Bruno, perante à justiça, é considerado suspeito até transitar em julgado. Além disso, a Polícia Civil deu início ao trabalho de investigação após ser informado pela vítima das supostas agressões ainda nesta quinta-feira. Testemunhas serão ouvidas e outras pessoas serão arroladas no processo.