Pastor de Campos desaparece misteriosamente ao sair do quartel dos bombeiros de Macaé

Pastor de Campos desaparece misteriosamente ao sair do quartel dos bombeiros de Macaé

O pastor João Marcos Mury de Aquino, da Igreja Batista do Parque Guarus, em Campos, está desaparecido desde a última sexta-feira (17). Além de pastor, João Marcos é bombeiro militar do Grupamento de Bombeiro Militar (GBM), em Macaé.

De acordo com colegas de trabalho do pastor, ele foi visto pela última vez saindo do trabalho na última sexta-feira (17). “Ele trabalhou normalmente no Batalhão. O próximo plantão dele seria nesta quarta-feira (22). Familiares, que moram em Campos estiveram no quartel de Macaé e informaram sobre o seu desaparecimento”, disseram.

Desde o final de semana, o desaparecimento do pastor vem gerando compartilhamentos nas redes sociais. Internautas pedem para que em caso de notícias, as pessoas liguem para o 9º GBM pelo telefone: (22) 2772-3178.

Por meio de nota, a Coalizão Conservadora Batista, entidade que o pastor também é subordinado, disse que, desde o dia 17 de Janeiro, foi recebida a informação de que o querido pastor João Marcos Mury de Aquino está desaparecido.

“As informações estão truncadas e não queremos fazer divulgação de notícias sem fundamentos, mas apenas confirmar que o Pr. João Marcos está desaparecido e ainda não sabemos dos fatos. No status do whatsapp da esposa dele, na noite do dia 18/01/2020, lemos que o pastor João fez contato com a família afirmando que estava bem. Mas não sabemos as reais condições dele, nem as circunstancias que o cercam, nem temos notícias de sua localização. Repetimos aqui o apelo da esposa e filhos que não façamos quaisquer especulações sobre essa situação, mas que oremos pelo retorno do Pastor João e também pelos familiares. Esperamos em Deus poder dar notícias boas em breve. Seguimos orando e conclamando aos seguidores de nossa página, amigos e conhecidos, irmãos em Cristo a orarem pelo Pr. João Marcos e pelos seus familiares”, diz a nota.