Polícia prende jovem que tentou matar hóspede dentro de hotel em Campos

Polícia prende jovem que tentou matar hóspede dentro de hotel em Campos

Agentes da Polícia Civil prenderam um jovem de 19 anos e que não teve o nome divulgado apontado como responsável por ter tentado matar um hóspede dentro do hotel Promenade Soho, em Campos.

De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu na madrugada desta quarta-feira (11), depois que o jovem e o hóspede se conheceram em um estabelecimento comercial da Avenida Pelinca, também em Campos.  “Descobrimos que a vítima saiu sozinho para beber se encaminhando, inicialmente, a um bar localizado na Pelinca. Em seguida, foi para um churrasquinho também na Pelinca, local onde os dois se conheceram”, apurou a polícia.

Ainda segundo a Polícia Civil, o agressor e a e vítima têm versões diferentes sobre a maneira que se conheceram e forma de abordagem, mas fato é que sentaram no churrasquinho e consumiram considerável quantidade de bebida alcoólica. Depois disso, se dirigiram ao apartamento da vítima. “Diz a vítima que o autor contou uma história triste de família, alegando que precisava dormir em algum lugar aquela noite, pois não poderia dormir em casa. E diz o autor que a vítima o chamou para ‘conhecer’ seu apartamento”, explica a nota.

À polícia, o hóspede alegou que, em determinado momento, o rapaz entrou no banheiro e saiu com uma tesoura que estava no local na mão, utilizando o objeto para lhe ameaçar, alegando que, caso não fizesse um pix para sua conta, iria lhe matar. Como a vítima não fez, o autor passou a lhe agredir fisicamente e, em seguida, desferiu um golpe com a tesoura no pescoço do vítima, atingindo área vital.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, os dois entraram em luta corporal ainda dentro do apartamento e prosseguiu no corredor do andar. “O vídeo juntado ao procedimento mostra a luta corporal ocorrida no corredor em que as partes aparecem disputando pela posse de um relógio, em determinado momento o autor se desvencilha e sai pelo corredor. A vítima, por sua vez, bate na porta de vizinho como se estivesse pedindo socorro e, logo após, entra no seu apartamento e tranca a porta. O autor anda pelo corredor indo e bate algumas vezes na porta do apartamento da vítima. Este relógio foi subtraído pelo autor, o qual disse que dispensou na rua”

Após a prática do primeiro crime, o jovem desceu para o térreo do edifício e subtraiu a bicicleta de um morador avaliada em R$ 4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais), praticando ainda furto em desfavor de morador ainda não identificado. Em declaração, o autor assume a prática do delito de furto e diz que no caminho para sua casa, passou pela Comunidade Santa Helena, foi abordado por traficantes locais que o questionaram acerca da bicicleta que aparentemente era produto de furto/roubo, bem como sobre os ferimentos que apresentava. Supondo que ele seria autor de delito patrimonial e poderia chamar atenção da polícia para buscas na localidade, os traficantes levaram o autor para local não identificado e lhe agrediram com pedradas e pauladas. O autor conseguiu fugir, deixando a bicicleta na Comunidade, até o momento não encontrada. Em seguida, procurou atendimento médico, chegando ao Hospital Ferreira Machado aproximadamente 14h, momento em que foi detido e ouvido no próprio hospital pelos Policiais Civis lotados unidade.