Como você avalia os 100 dias de governo do prefeito Wladimir Garotinho?

Como você avalia os 100 dias de governo do prefeito Wladimir Garotinho?

Neste sábado (10), o governo Wladimir Garotinho completa 100 dias de governo. A luta no enfrentamento à Covid-19 tem sido um dos grandes desafios. Nesta data tradicional e emblemática, a assessoria da prefeitura listou algumas conquistas como a reabertura de duas Unidades Básicas de Saúde, pagamento em dia dos salários dos servidores, incluindo os pagamentos de dezembro; criação do Programa Amigo da Cidade, entre outras ações que visam dar ao município uma nova  realidade. A atual gestão também trouxe novos recursos de emendas parlamentares; está incrementando a Agricultura, uma das principais vocações do município, com o plantio de culturas e o lançamento do Programa “Estradas do Produtor”.

Apesar de inúmeras outras conquistas e melhorias disponíveis nos canais oficiais da prefeitura, há algumas ponderações negativas que, claro, os canais oficiais não vão mencionar, mas que os eleitores enfatizam, como a precariedade do Hospital Geral de Guarus e a situação caótica do Hospital Ferreira Machado. Problemas que têm sido cada vez mais criticados nas redes sociais.

Nos últimos dias, Wladimir também foi apelidado, entre outros adjetivos, como “pulso fraco”, após recuar e determinar o retorno gradativo do comércio após as manifestações. Nesta semana também, Wladimir chegou a fazer um Boletim de Ocorrência contra um comerciante que foi candidato a vereador. Entre outras acusações, Wladimir o acusou de ter provocado aglomeração nos protestos.

Outro notável pecado de Wladimir ao longo desses 100 dias foi querer usar as redes sociais para dar uma de “repórter”. Durante um período, ele quis passar – em primeira mão – informações importantes. Em algumas delas, como no caso das crianças que estariam sendo internadas em Campos e até mesmo morrendo, foi publicamente desmentido. A mãe de uma criança que o prefeito disse que supostamente teria morrido por covid-19, negou a informação.

É inegável que Wladimir já deu outra cara a maior cidade do interior do Estado. Contudo, a exemplo de Rafael Diniz, diante da pouca experiência política, a gestão de Wladimir tem sido questionada, inclusive, por seu próprio eleitorado. Também ao longo desses 100 dias, pessoas que ajudaram a elegê-lo já garantiram que já se arrependeram. Os motivos são os mais variados: o secretariado – já que boa parte é composto por pessoas que fizeram parte do mandato da mãe dele -, falta de êxito em algumas áreas, promessas de campanhas que ainda não foram cumpridas, embora tenha bastante tempo para isso, e, claro, o famoso Salmo 40, que são pessoas que tiveram cargos prometidos, mas que ainda não assumiram e aguardam pacientemente pela possível chamada. 

Como pontos positivos, os canais da prefeitura reforçam que Wladimir, acompanhado do Vice-Prefeito Frederico Paes, vem reforçando a parceria com os hospitais contratualizados e efetuando os repasses em dia às 13 instituições.  Além dos hospitais públicos, como os hospitais Ferreira Machado e Geral de Guarus, dão importante suporte à saúde do município a Santa Casa de Misericórdia, Beneficência Portuguesa, Hospital Plantadores de Cana e Hospital Escola Álvaro Alvim, além de clínicas e laboratórios.  

E você, o que acha desses 100 primeiros dias do "novo" governo municipal? Participe conosco em nossas redes sociais.