Garotinho e Rosinha dizem que são perseguidos e que perderam o emprego

Garotinho e Rosinha dizem que são perseguidos e que perderam o emprego

Os ex-governadores Garotinho e Rosinha usaram o facebook para mostrarem que estão sendo vítimas de perseguição. Em uma live na noite desta quinta-feira (5), o casal disse que até arma procuraram no apartamento onde moram, no bairro do Flamengo, no Rio de Janeiro. "Arma? Que arma? Só se for a bíblia", desabafou Garotinho. 

Já Rosinha aproveitou para criticar o prefeito de Campos, Rafael Diniz. Rosinha perguntou quantas casas e creches o prefeito fez. Irônica, ela disse que Diniz colocou uma tenda e disse que era ponto de ônibus. 

Em relação à prisão, Garotinho disse que é vítima das denúncias que fez em relação aos poderosos. Segundo ele, o ex-governador, preso, Sérgio Cabral, é o primeiro deles. Destacou que denunciou Picciani e disse que não acharam absolutamente nada que pudesse justificar a prisão.

Por fim, o casal disse que foi demitido da Rádio Tupi, onde tinha um programa. "Agora, quem vai pagar por tudo isso que estão fazendo contra nós?", questinou.