Impactos das chuvas: Rodrigo Bacellar reforça atuação do estado em municípios da região

Impactos das chuvas: Rodrigo Bacellar reforça atuação do estado em municípios da região

O secretário estadual de Governo, Rodrigo Bacellar reforçou o trabalho do governo estadual nos municípios do Norte e Noroeste que sofrem os impactos das cheias. “O governador Cláudio Castro colocou desde a semana passada diversas pastas em regime de plantão para atender os municípios. É uma força-tarefa que envolve Defesa Civil, Bombeiros, Assistência Social, Infraestrutura, DER-RJ, secretaria das Cidades. Estamos monitorando, trabalhando e dialogando com gestores de municípios do Norte e Noroeste. É um trabalho árduo, sem transformar a dor das pessoas em espetáculo”, destacou Rodrigo, ressaltando que o governador vai estar neste final de semana na região para acompanhar o trabalho das equipes.

Desde o início dos temporais que castigam diversas regiões fluminenses, engenheiros, técnicos e operários atuam nas rodovias com maquinário e caminhões para desobstruir e limpar os trechos afetados. O Corpo de Bombeiros realizou aproximadamente 400 atendimentos relacionados às chuvas desde quinta-feira (06).

DCO governo do estado está em contato permanente com as autoridades municipais e à disposição em caso de necessidade, seguindo as definições do Plano de Contingência para Chuvas de Verão 2022. O documento, desenvolvido de forma integrada entre diversas secretarias do Governo RJ, traça protocolos para resposta rápida a emergências causadas por chuvas intensas no território fluminense.

Os agentes seguem monitorando as condições meteorológicas e os níveis pluviométricos do território fluminense, enviando alertas para as regiões em caso de riscos hidrológicos e geológicos e dando suporte quando as ocorrências extrapolam a capacidade de resposta da gestão municipal.

Todas as regiões registram áreas de inundações, deslizamentos, alagamentos e queda de árvores.

- Os nossos profissionais seguem visitando as regiões afetadas para analisar a situação in loco e prestar todo apoio às Defesas Civis municipais, a fim de minimizar danos. Os agentes prestam, inclusive, auxílio às autoridades locais no preenchimento de documentação para decretação de situação de emergência - descreveu o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Leandro Monteiro.

– Em episódios de chuva forte, uma resposta rápida do poder público faz diferença. Por determinação do governador estamos atuando dia e noite para minimizar o impacto dos estragos causados pelas fortes chuvas e permitir a trafegabilidade – afirma o secretário das Cidades, Uruan Andrade.