Pré-candidato a vereador pelo Republicanos, Maicon Rosa quer fazer história na Câmara de Campos

Pré-candidato a vereador pelo Republicanos, Maicon Rosa quer fazer história na Câmara de Campos

O cabeleireiro Maicon Rosa, morador do Parque São Matheus, em Campos, é formal e legalmente pré-candidato a vereador pelo Republicanos. Maicon, que tem como principal liderança política o também pré-candidato a vice-prefeito pelo Republicanos, Coronel Ramiro Campos, sempre atuou na área da política, contudo, para ajudar a eleger nomes que hoje concorrerão com ele. Maicon é tido como uma candidatura promissora dentro do partido e nas ruas da cidade, principalmente em Guarus. 

Maicon conta que já trabalhou com pessoas que hoje são vereadores, mas que, segundo ele, fizeram muito pouco ou quase nada pelo município. Caso seja eleito, quer fazer história na Câmara de Campos. "Trabalhei com pessoas que prometiam muito durante a campanha, porém, depois de eleitos, tiveram o nome apagado no legislativo. Vendo essa realidade de perto, me motivei a tentar ingressar no legislativo e fazer diferente. Quem me conhece sabe: prego mais ação e menos promessas", conta Maicon, que completou 39 anos neste domingo (26). 

Homessual assumido, Maicon sofreu dezenas de retaliações por ser considerado um "conservador". Segundo ele, a opção sexual nada tem a ver com a posição política ou ideológica. "Sofri muito por causa disso. Até espancado fui durante a campanha presidencial de 2018. Tudo por ter um pensamento político alinhado com o do presidente Jair Bolsonaro e dos filhos dele. Aqui na região, sempre fui um entusiasta do coronel Ramiro, que é a minha principal liderança política na cidade. Fiquei muito fez quando soube o comandante se filiaria ao Republicanos e que seria o vice de Tadeu Tô Contigo, pessoa que também tenho uma forte admiração. O Republicanos é um partido conservador, que me identifico e é o partido dos filhos de Jair Bolsonaro. Quando fui convidado para fazer parte da nominata, não hesitei. Feliz em fazer parte deste time que tem tudo para ir longe", acrescentou. 

Embora tenha atuado na área da estética por muitos anos, Maicon Rosa nunca deixou a política em segundo plano. A política está no sangue. Afinal de contas, a mãe dele, Elizabethe Rosa, sempre foi uma liderança política em Guarus. "Decerto, esse foi um importante legado que a minha mãe me deixou. De todos os filhos, eu fui o único que herdei esse tino. Respiro política e quero o melhor para a minha cidade, para o meu bairro, onde fui nascido e criado há 39 anos", ressaltou. 

Questionado sobre o que faria caso fosse eleito vereador, Maicon não titubeia. "Sempre gostei muito da área da saúde porque é uma das áreas que mais carece em todo lugar. A primeira coisa que eu faria era um projeto de lei que não pudesse fechar e sequer funcionar parcialmente os postos de saúde dos bairros. Temos três grandes hospitais municipais em Campos. Considero um número muito pequeno dado a quantidade de moradores daqui. Muitas pessoas dependem dos postos de saúde dos bairros. Com certeza, alguma coisa pelos postos de saúde seria a minha primeira ação", garantiu. 

O pré-candidato finaliza a entrevista dizendo que não vê a hora de a campanha ser inciada para que ele possa colocar o bloco na rua. "Estou ansioso para colocar em práticas minhas estratégias durante a campanha eleitoral. Gosto muito disso e essa será a primeira vez que vou fazer isso para mim mesmo", conclui.