Vereadores de Campos aprovam LDO com remanejamento de verbas em 30%

Vereadores de Campos aprovam LDO com remanejamento de verbas em 30%

Em sessões ordinárias realizadas na modalidade remota nesta quarta-feira (30), pela Câmara Municipal de Campos, os vereadores aprovaram o projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2022. Também foram destacados 44 processos de Indicações Simples e recebidos cinco projetos para iniciar a tramitação.

Encaminhado pelo gabinete do prefeito, outro projeto propôs, ainda, 40% de remanejamento de verba entre secretarias sobre o montante. A oposição tentou manter os atuais 20%, mas a maioria dos parlamentares aprovou a emenda que garante o crédito adicional suplementar de 30% do total.

Esta emenda aprovada foi apresentada pelos 12 vereadores da base governista — Álvaro Oliveira (PSD), Bruno Pezão (PL), Dandinho de Rio Preto (PSD), Juninho Virgílio (PROS), Leon Gomes (PDT), Kassiano Tavares (PSD), Marquinho do Transporte (PDT), Luciano Rio Lu (PDT), Pastor Marcos Elias (PSC), Thiago Rangel (PROS), Silvinho Martins (MDB), Jô de Ururaí (Podemos) e Maicon Cruz (PSC).

Durante a sessão houve divergência de entendimento na ordem de votação entre o projeto de lei e as emendas modificativas. Na opinião do vereador Fred Machado, as emendas devem ser votadas antes do projeto de lei. “Não faz sentido aprovar um projeto e depois este mesmo projeto ser alterado com a possível aprovação das emendas”, alegou.