Prefeitura de Campos inaugura primeira escola em tempo integral da cidade

Muito mais do que uma nova escola, um novo conceito de Educação pública foi inaugurado na noite desta quinta-feira (16) pelo prefeito Rafael Diniz. O primeiro Cemei, Centro Municipal de Educação Integral, é a concretização de um sonho da população campista há décadas. No projeto da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Smece), os estudantes contam não só com conteúdo básico curricular, bem como oficinas culturais, esportivas, curso de língua estrangeira, reforço escolar e muito mais em uma estrutura de primeiro mundo. O Ciep do Parque Aurora foi a primeira unidade a ser contemplada.

A escola foi totalmente reformulada e oferece laboratórios modernos, salas de dança, música, lutas, curso de línguas, quadra com vestiário, consultório médico, e todo suporte necessário para o pleno desenvolvimento dos alunos.

Centenas de pessoas compareceram ao evento, entre autoridades e a comunidade local. Em todos, olhares de deslumbramento e renovação da esperança de que a educação pública pode ser melhor.

“Bem-vindos ao nosso grande sonho. Darcy Ribeiro idealizou, meu pai me convenceu e hoje estamos aqui realizando. Sempre defendi que só há um caminho para transformação de uma sociedade, que é pela Educação. Em 2016, dizíamos que faríamos diferente e estamos fazendo, mesmo com a maior crise que esta cidade já viveu. Me perguntam qual é a marca do meu governo. Digo que é da seriedade com o dinheiro público e o da Educação”, destaca o prefeito.

O Cemei é um projeto educacional inspirado na ideia revolucionária do antropólogo Darcy Ribeiro. O próximo a ser inaugurado será o Francisco Portela, em Tocos. Até o final do ano, a previsão é que quatro estejam em funcionamento. A unidade do Parque Aurora conta com 578 alunos. Destes, só os da Educação de Jovens e Adultos (EJA) não estudam em período integral. A escola foi totalmente reformada, praticamente reconstruída e novos espaços foram criados, mantendo o projeto arquitetônico original de Oscar Niemeyer.

Aparecida Cristina é só elogios. O filho Matheus, 11 anos, estuda na escola desde os 5, mas hoje a realidade é muito diferente.  “Está maravilhosa demais. A gente só tem a agradecer, pois não imaginei que poderia dar essa oportunidade ao meu filho. Ele está mais motivado. Fica aqui o dia inteiro, se alimenta, estuda, faz esportes em plena segurança. É tudo o que queremos para os nossos filhos”, ressalta.

 Hoje, os alunos contam com: biblioteca interativa, sala de línguas, sala de recursos, sala de suporte pedagógico para reforço escolar, auditório, sala de artes marciais, de danças, de artes plásticas e de música; 12 salas de aulas novinhas em folha, assim como a parte administrativa remodelada; a quadra está renovada e uma pista de atletismo foi criada. Fora tudo isso, a escola recebeu um trabalho de paisagismo e ganhou mobiliários novos.

Os estudantes ficam o dia todo na escola e, para isso, recebem quatro refeições balanceadas diárias, orientados por nutricionistas. Em um turno, possuem o conteúdo básico curricular, em outro têm atividades programadas de acordo com o ciclo de aprendizado, sendo fundamental I (1º ao 5º ano) ou II (6º ao 9º).

Essas atividades contemplam: Curso de Inglês; Oficinas de Ciências e sustentabilidade no laboratório próprio; oficinas de informática, no laboratório; Oficinas de Linguagens e de experiências matemáticas, com trabalhos lúdicos; Oficinas de Ciências Humanas; Reforço escolar; Oficinas de artes: Canto coral, artes plásticas e instrumentos musicais, em salas apropriadas; Dança; Lutas; Jogos esportivos e de raciocínio, como xadrez e dama.

“Poder participar deste projeto é algo que engrandece a nossa alma. Só tenho a agradecer ao prefeito Rafael pela oportunidade e coragem em ofertar este prêmio à população de Campos, algo que mudará a vida de gerações. A escola integral é a verdadeira escola, capaz de remediar desigualdades, dando ao estudante da escola pública igualdade relativa de competição. Queremos oferecer aos nossos alunos a possibilidade de alcançar o sonho que quiserem”,  ressalta o secretário de Educação, Brand Arenari.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes