Trabalhador offshore é detido por suspeita de ter matado mulher em motel de Campos

Um trabalhador offshore foi preso, na tarde de sábado (16), após funcionários de um motel em que passou a noite de ontem encontrarem grande quantidade de sangue no quarto em que ele havia estado e sentirem falta de um cobertor.

De acordo com o delegado Carlos Augusto Guimarães, por enquanto, a situação está sendo vista como “autolesão”, porque o suspeito está com um ferimento na mão, mas outras possibilidades não são descartadas. “No quarto em que ele estava foram encontradas poças de sangue e muitas marcas de violência nas paredes, nos lençóis e também no banheiro. Funcionários informaram ainda que um cobertor do estabelecimento teria sido retirado do local”, o que aumenta ainda mais a suspeita de que algo no mínimo intrigador teria acontecido.

 Neste domingo (16), a polícia descobriu também que o homem é usuário de drogas e medicamentos controlados e que estava sob efeito dessas substância no momento em que permaneceu no motel.

Para a polícia, o homem de 42 anos e que não teve o nome divulgado, contou  que brigou com a esposa , que seria uma médica cubana que atua em São João da Barra, por conta da suposta traição dela, fato que o motivou a ir para o motel pernoitar.

A perícia esteve no local e colheu material genético que será analisado. Também neste domingo, agentes da Polícia Civil estiveram em São João da Barra, na tentativa de encontrar a suposta médica esposa dele.

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Likes